dá-me lume...

Sucumbir à ditadura do sofá? Oh não! Nunca mais!!!!

Thursday, March 29, 2007

Depois de algum tempo...

Depois de algum tempo aprendes a diferença, a subtil diferença entre dar a mão e acorrentar uma alma. E aprendes que amar não significa apoiar-se, e que companhia nem sempre significa segurança. E começas a aprender que beijos não são contratos e presentes não são promessas.

Acabas por aceitar as derrotas com a cabeça erguida e olhos adiante, com a graça de um adulto e não com a tristeza de uma criança. E aprendes a construir todas as tuas estradas de hoje, porque o terreno do amanhã é incerto demais para os planos, e o futuro tem o costume de cair em meio ao vão.

Descobres que as pessoas com quem tu mais te importas são tiradas da tua vida muito depressa, por isso devemos sempre despedir-nos das pessoas que amamos com palavras amorosas, pode ser a última vez que as vejamos.

Começas a aprender que não te deves comparar com os outros, mas com o melhor que podes ser. Descobres que se leva muito tempo para se tornar a pessoa que se quer ser, e que o tempo é curto.

Aprendes que, ou controlas os teus actos ou eles te controlarão e que ser flexível nem sempre significa ser fraco ou não ter personalidade, pois não importa quão delicada e frágil seja uma situação, existem sempre os dois lados.

Aprendes que quando estás com raiva tens o direito de estar com raiva, mas isso não te dá o direito de ser cruel. Descobres que só porque alguém não te ama da forma que desejas, não significa que esse alguém não te ama com tudo o que pode, pois existem pessoas que nos amam, mas simplesmente não sabem como demonstrar ou viver isso.

Aprendes que não importa em quantos pedaços o teu coração foi partido, o mundo não pára para que tu o
consertes. Aprendes que o tempo não é algo que possa voltar para trás...

Wednesday, February 07, 2007

Apocalypto

Finalmente fui ver o filme. Adorei. Embora o Mel Gibson mereça uma medalha pelos exagerados baldes de sangue derramados! lol. Nem uma única personagem (quase) estava imune ao derrame do tal líquido. Gostei muito do filme. Para mim não é um filme polémico ou racista como muitos já o disseram. É um retrato da crueldade humana que existe em todas as culturas. A parte que me impressionou mais, e onde se sentia mesmo a angústia das personagens, é quando eles chegam aos corredores para o sacrificio e se confrontam com os desenhos nas paredes... eles pintados de azul a serem sacrificados... bem demais. No final temos mesmo de segurar a lágrima e custa muito deixar a cadeira e temos pena que tenha acabado.
Á saida do cinema, ainda muito emocionada, ia a comentar o filme com a minha irmã e ainda se sentia aquele arrepio. Ao chegar ao carro, surge uma personagem por detrás de uma retroescavadora, de manga ainda arregaçada, balbuciante. Tinha acabado de injectar mais uma dose. Nem sabia de que planeta era... cambaleava, de cigarro aceso, na nossa direcção.
- Abre o carro!!
Trancámo-nos lá dentro e vimos a personagem a mudar de rumo.
Aínda dizem que é preciso ir ao cinema para viver emoções fortes!

Monday, January 15, 2007

...

Por vezes a vida pode ser mesmo madrasta. Roubar-nos o chão.

Thursday, January 04, 2007

cartas

Não pensas em respirar cada vez que respiras.
Não pensas em sorrir cada vez que sorris.
Não pensas em pensar, cada vez que pensas!

A verdade...

...a verdade é que passas a vida a pensar.

Invejo profundamente os selos... dão a capacidade de viajar às cartas.

Tuesday, November 28, 2006

...

É tão fácil ser-se pedra. Difícil, é ser a vidraça.

Monday, November 06, 2006

vivam os nos cerebrais!

Depois de um escaldão... promessas do "nunca mais" chega uma pequena personagem que abala o meu pequeno mundo que eu julgava tão sólido, que armada em dura, construi.
Quero lançar-me de cabeça... apetece-me saltar barreiras, durrubar muros, furar fronteiras! Quero! quero! quero!
Mas o meu consciente vê a fogueirinha a aproximar-se: "tão linda a arder! deixa-me aquecer as mãos..." e trava. Trava a fundo, mas mantém esta embrulhada, sigilosa...
Decisões têm de ser tomadas.... gosto do momento, mas no fundo merecia mais...............

Tuesday, October 31, 2006

o conceito de beleza e...

http://www.dailymotion.com/video/xhly5_dove-evolution-ad